h1

reading Ulysses

1 de Outubro de 2009

*Os funerais divertem Bloom: imagina o caixão a saltar da carruagem e a cuspir o corpo do morto para o paralelo; imagina um enterro de um corpo ainda vivo a morrer asfixiado no caixão; imagina o espaço que se pouparia se se enterrassem os corpos na vertical, ponderando, no entanto, o horror de algum deles decidir espreitar para fora da terra. Repenso: divertem não é o termo exacto. Ou melhor, divertem as in despertam-lhe a curiosidade. Homem curioso, este Bloom. Questiona-se quem é o sujeito de Mackintosh. Questiona-se, repentinamente, como seria se todos trocassem de corpos. E educado? Como explicar a impenetrabilidade da sua feição quando alguém condena o suicídio perto dele: “His father poisoned himself, Martin Cunningham whispered” (pág. 127). Conclusão: é preciso enterrar os mortos. Crusoe tinha razão. Afinal todos os Sextas-Feiras enterram as Quintas-feiras.

JOYCE, James
1922 Ulysses; ed. ut.: [s/d], London, Penguin, 2000 [reimpressão], 139.

*Leitura Luís Mourão (ambos – a leitura e o Luís Mourão – bastante admirados).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: