Posts Tagged ‘Ulysses’

h1

Tenho uma confissão a fazer

8 de Fevereiro de 2010

Deixei o Ulysses a meio. Na página 574 de 933, para ser exacto. Segredei-lhe: deixa vir o verão que tu vais ver.

h1

Reading Ulysses

15 de Outubro de 2009

The Oxen of the Sun: Um dos mais difíceis capítulos que alguma vez li. Em resumo: one bad-ass chapter.

h1

Reading Ulysses [on pause]

8 de Outubro de 2009

Hoje não li Ulysses. O pouco tempo que tive livre, estive a trabalhar sobre Sylvia Plath. Amanhã há mais.

h1

Reading Ulysses

8 de Outubro de 2009

Curioso: Gerty MacDowell olhava para Bloom e via nele o esposo perfeito – que Bloom não é –  para o casamento perfeito – que Bloom não tem; por outro lado, Bloom, qual Ulisses, olhava para Gerty, qual Nausicaa, e não via pureza, virtude, virgindade, mas sim desejo e luxúria – masturbava-se.

(E o relógio que parou na hora em que Molly traiu Bloom?)

h1

Reading Ulysses

7 de Outubro de 2009

A partir das 23h, a noite é sempre Joyceana.

h1

Reading Ulysses

6 de Outubro de 2009

Deaf, bothered. But perhaps he has a wife and family waiting, waiting Patty come home. Hee hee hee hee. Deaf wait while they wait.

[…]

By deaf Pat in the doorway, straining ear, Bloom passed.

JOYCE, James
1922 Ulysses; ed. ut.: [s/d], London, Penguin, 2000 [reimpressão], 365-370.

Preconceito: Ulysses é Bloom. Facto: Pat, o empregado da sala de concertos é, afinal, aquele que é surdo ao canto das sereias. O que quer isto dizer? Bloom deixou-se seduzir. Bloom, Henry Flower, deixou-se seduzir, Martha Clifford‘s to blame. Outra hipótese: Bloom deixou-se seduzir: Dedalus et alli to blame. Terceira hipótese: Bloom é superior a Ulysses – ouviu o canto das sereias e não se tentou. Quinta hipótese: Bloom amarrou-se a Pat, the waiter, waiting while he waits, como símbolo de virtude (afinal Pat, o empregado surdo, deve ter em casa uma família também waiting while he waits). Hipótese quinta: hipóteses infinitas. Sensata, sexta e final hipótese: esquecer Bloom, deixar-se levar no suave ritmo do inglês com Irish accent.

h1

Reading Ulysses

3 de Outubro de 2009

One born every second somewhere. Other dying every second. Since I fed the birds five minutes. Three hundred kicked the bucket. Other three hundred born, washing the blood off, all are washed in the blood of the lamb, bawling maaaaaa.

JOYCE, James
1922 Ulysses; ed. ut.: [s/d], London, Penguin, 2000 [reimpressão], 208.